Arquivo da tag: dica

Teatro: Música para cortar os pulsos

Vi, gostei e recomendo a peça Música para cortar os pulsos

"Em dez cenas curtas, as histórias amorosas de três jovens se desenrolam com a intensidade (e ao som) das músicas para cortar os pulsos. Isabela sofre porque foi abandonada, Felipe quer se apaixonar e Ricardo, seu amigo, está apaixonado por ele."

É uma peça pequena e eficiente. O texto é muito bonito e, apesar de ser um drama, não é pesado. A performance dos atores é ótima e convincente. Destaque para Mayara Constantino, que, além de linda, faz uma cena divertidíssima sozinha como duas personagens.  
O texto e a direção são de Rafael Gomes, estrelando Kauê Telloli (Felipe), Mayara Constantino (Isabela) e Victor Mendes (Ricardo).
A peça ficará em cartaz até dia 19 de dezembro no Teatro da Memória em São Paulo. O ingresso custa apenas R$ 20,00.

Um ótimo programa para o fim de semana!

Posted via email from andrekanamura

Review – Lucid

Seis meses depois, venho com meu review do Lucid Lynx, a versão 10.04 do Ubuntu.

Para os que ainda não conhecem, Ubuntu é uma distribuição Linux feita para ser bastante amigável ao usuário, tentando diminuir ao máximo o uso das temidas de comando.

A nova versão é uma L.T.S. (Long Term Support), o que significa que terá suporte de atualização de drivers e segurança até março de 2013.

Minha Experiência com o Lucid

Já vinha, há algum tempo, procurando alternativas ao Windows. Meu notebook foi comprado em 2007 e já não é mais o “state-of-the-art” em tecnologia. O sistema da Microsoft, mesmo o 7, já é muito pesado e precisa de uma série de programas rodando em paralelo (como um bom anti-vírus) para funcionar adequadamente.

Eu já havia tentado migrar para o Ubuntu na versão anterior, a Karmic, mas tive alguns problemas já relatados neste post.

Decidi dar mais uma chance ao Linux ao ler notícias de que ele seria totalmente compatível com o iPod Touch, meu companheiro diário longe do PC.

Formatei o micro e instalei a primeira versão beta do Lucid há cerca de um mês e meio.

A experiência foi, desde então, bastante educativa. Como todo software em desenvolvimento, já esperava ter alguns contra-tempos, mas aprendi bastante com isso.

Entre os problemas que enfrentei, houve três falhas no sistema de arquivos que impediam a inicialização do sistema, instabilidades durante o uso, falhas durante a atualização etc.

Os problemas foram diminuindo com o passar do tempo. Era comum haver atualizações diárias e baixar mais de 100Mb de updates.

Após o beta 2, já era um sistema mais estável e desde o Release Candidate, não tive mais problemas.

O Lucid traz várias mudanças quanto ao Karmic, mas vale destacar o novo visual, suporte a iPods Touch/iPhones nativo, inicialização e desligamento mais rápidos e melhoras na Central de Programas.

Ainda estou na fase de aprendizado e adaptação ao novo sistema, mas já me sinto bastante confortável em utilizá-lo diariamente.

Instalei o Docky e Nautililus-elementary além de alguns outros programas e já consigo fazer (quase) tudo que fazia no Windows.

Ainda me faz falta o offline dos serviços do Google, que devem migrar para o padrão HTML5 em breve e a versão estável do Chrome.

Uma versão do Steam também já é comentada e, se vier, será muito bem vinda!

É isso. Recomendo a todos!

Consulado da Bahia – SPRW 2010

Uma das coisas legais do São Paulo Restaurant Week é conhecer novos restaurantes. Hoje fui experimentar um restaurante que abriu no lugar onde antigamente era o São Mateus, na Rua dos Pinheiros, ao lado do El Kabong. O Consulado da Bahia , como diz o nome, se propõe a fazer pratos típicos da Bahia. O cardápio de almoço para o RW foi um mini acarajé de entrada, Filé de Saint Peter ao molho de camarão ou Carne de sol na manteiga de garrafa e, de sobremesa, uma bola de sorvete especial da casa. Os pratos principais não deixaram a desejar, mas não foram nada de especial. A entrada é bem saborosa, como é pequena me deixou querendo mais… adoro acarajé! O ponto alto com certeza foi a sobremesa…. um sorvete delicioso! Eu não sei o que tinha nele, mas parecia chocolate e marshmallow.

Eu já fiz uma pequena lista de restaurantes que quero visitar durante o SPRW. Utilizei uma ferramenta criada pela PARTISAN que facilita o trabalho… Lá estão listados todos os restaurantes e cardápios, e é possível utilizar o sistema de filtro para mostrar os lugares por nome, bairro e até por pratos. Se eu escrever por exemplo “coelho”, o programa vai mostrar os restaurantes com essa palavra no nome, no endereço ou nos pratos…  sim, alguns pratos são de coelho… Fica aí a dica: http://www.partisan.com.br/rw/.

Teatro: In on it

Ontem tive o enorme prazer de assistir à peça In on It que está em cartaz no Teatro FAAP. A fantástica atuação da dupla Emílio de Mello e Fernando Eiras, sob direção de Enrique Diaz, interpretando um texto de Daniel MacIvor. Eu poderia falar sobre o que é essa peça, mas isso não te convenceria a ir ao teatro… Então vou apenas deixar essa dica que é imperdível! Adorei e eu nem sou um fã de teatro. Por isso, recomendo!

In on It está em cartaz no Teatro FAAP fica na R. Alagoas nº 903. Os ingressos custam:
Sextas: 21:30hs R$ 40,00
Sábados: 21h R$ 50,00
Domingos: 18h R$ 40,00
Incrivelmente, o estacionamento é gratuito! Não vi nenhum bicicletário, no entanto…
Visite o blog da peça e a página do Teatro FAAP para mais informações.

Posted via web from andrekanamura

Grooveshark: serviço de música online

groovesharkO Grooveshark é um serviço para ouvir músicas online em streaming. Eu nunca tinha usado o serviço de verdade, mas como me sugeriram muitos artistas e eu não queria ficar procurando vídeos no Youtube, eu resolvi dar uma fuçada e fiquei bastante satisfeito. Encontrei de tudo, até Xuxa (só procurei Xuxa para efeitos de teste do serviço, ok?). Claro que as coisas mais raras serão mais difíceis de encontrar, mesmo assim é um serviço bem legal.

Aproveitando a oportunidade vou mostrar algumas dicas que foram sugeridas: