Arquivo da tag: erro

Os perigos “das internets”…

Aos que viram o post com o título “Harmonicaly related frequencies” e pensaram : WTF?????

D'oh!

Este texto vem para explicar porque, motivo, razão ou circunstância, este que vos escreve publicou um post com uma foto de uma garota (uma graçinha, por sinal) e o texto “Sing me to sleep…”. Pois bem, parafraseando Chaves: “foi sem querer querendo…”.  Explicando melhor: eu estava fazendo uns testes com o layout do meu blog no Posterous, e para isso eu criei um blog novo e um post qualquer só pra ver como ficava o layout. Usei de título a frase Harmonicaly related frequencies, que ouvi num podcast de ciência (sério…), com parte da letra de uma música que eu gosto (The Smiths – Asleep), e uma foto que encontrei no Twitpic por acaso (é sério, mesmo…). Pra quem não conhece, o Posterous tem uma propriedade que automatiza a re-publicação dos seus posts para outros blogs (como este aqui que você está lendo) e serviços como Twitter, Facebook e outros . Então, num momento de menor capacidade mental (ou burrice mesmo) publiquei o post só pra ver como ficava a merda do layout…. depois deletei o post. E o posterous fez seu serviço direitinho republicando a foto pro meu Twitter e pra cá (por sorte eu não permito que o Posterous converse com meu Facebook, caso contrário o estrago teria sido ainda maior, imaginem…). Só 10 minutos depois eu percebi que o post tinha sido replicado. Um frio correu pela espinha…. “Óh, e agora… a foto desta pobre garota de biquíni está sendo re-puplicada sem sua autorização…” (mentira, não pensei isso na hora). Logo “corri” para corrigir o erro… deletei o tweet no Twitter, deletei o post aqui no Desertores da Escada e pedi para o Nelas deletar o tweet do Desertores no Twitter, mas o feed já havia sido atualizado, então muitos assinantes receberam uma bela surpresa ao acessarem  suas contas, se é que vocês me entendem… 😀

Enfim, peço desculpas aos que tenham possivelmente se assustado ou ficado ofendidos. A publicação não foi um post oficial, foi um erro resultado de uma mente oriental perturbada num momento de pouca inteligência… momentos estes cada vez mais frequentes…

Acho que aqui tem uma boa lição: cuidado com “as internets”… Sua vida particular pode ser facilmente divulgada e replicada com rapidez. Procure manter sua vida pessoal fora da internet e armazene dados pessoais de forma segura. Com o aumento na quantidade de redes sociais e serviços, além da facilidade de comunicação entre eles, as informações podem ser rapidamente publicadas e repassadas. Imaginem se a tal foto fosse mais comprometedora ou contivesse dados pessoais importantes… Como exemplo podemos citar o famigerado caso do garoto que publicou num fórum um printscreen da sua tela sem perceber que havia o endereço para sua pasta de pornografia com “shemales”.

Tsc Tsc…