Catifunda


Gostaria de postar aqui minha excelente admiração por essa pessoa que esteve sempre por perto em nossas quartas-feiras a noite e em alguns sábados. O que seria da licenciatura se não fosse tão caridosa e suportavel pessoa.
Quais seriam os motivos para que esse interessante experimento de geriatria tenha a atitude atual, caminhando entre a completa inconveniência e a insanidade?
Quantos anos tem esse icone da Licenciatura em Biociências?
Preso muito por tão estimada pessoa por nos proporcionar motivo de gargalhadas tão intensas que me vez novamente ascender a chama e retornar ao meu estado de espirito do ínico dessa empreitada que foi compartilhar esses 5 anos de graduação.
Sim, agradeço a existência da Licenciatura e de Dona KATY por ter-nos fornecido o BOLABOLAELEFANTE. Graças a ilustre senhora, vejo que essa cômica epopéia da vida na biologia não há de terminar tão cedo.
Obrigado.

PS: Espero que nenhuma pessoa da foto reclame por eu não ter pedido permissão para coloca-la aqui.

5 comentários em “Catifunda”

  1. vale lembrar que ela chamou a gente de “lulista” em sala de aula e, no jardim botânico, disse ao Rogério numa discussão sobre as greves no passado: “você, um sexagenário como eu, deve saber…”

    “Já falei que não pode ir no banheiro… sai já daí menina…”
    – KATY, para Anônima que estava no troninho

  2. Venho por meio dessa demonstrar a minha maior indignação por terem postado uma foto minha sem prévia autorização. Uma vez fixada em meu lugar, tive o privilégio de acompanhar milhares de pessoas transitarem ao meu redor. Infinitas foram as crianças que cruzaram meu caminho, me desenharam, me tocaram e se encantaram com a minha grandeza. Anos a fio eu doei o mais puro néctar da vida em forma de oxigênio e hoje tenho essa amarga decepção de me ver postada num blog sem ao mesmo ter sido consultada! Como reclamar ao pássaro que aqui me deixou em suas fezes tão nutritivas? Como reclamar ao Presidente Lula que o que mais gosta é tomar outro tipo de néctar de uma parente distante? Foi dessa forma que resolvi “movimentar-me” e aqui estou, postando a minha indignação diante do fato de terem usado de minha ilustre imagem sem ao menos doarem um pouco de nitrogênio aos meus pés…
    Sem mais,

    Sra. Árvore

    PS: Ainda me lembro de quando a Katy passava por aqui durante a infância… eu era apenas um raminho…

  3. hahahahaha

    Sinto por não poder compartilhar com vcs tamanha diversão durante todo o semestre… mas posso dizer que a única aula que eu participei já foi bastante engraçada.
    Obs: Dona Árvore, sinto muito pelo ocorrido, acredito que se a senhora procurar o órgão responsável a causa será ganha!

  4. Desculpa ai dona árvore. Vou substituir a foto por uma versão que não tenha sua imagem verdadeira.
    Mas existe uma lei no IBAMA contra publicação de fotos de vegetais? Ou é um decreto?

Os comentários estão fechados.