Planeta no parque

O Instituto Planeta Sustentável organiza nesta semana (de 8 a 14 de outubro) um evento sobre sustentabilidade no parque do Ibirapuera. O evento, além de contar com a presença de alguns famosos para atrair o público, terá diversas oficinas e workshops gratuitos para todas as idades.
O parque do Ibirapuera é um lugar atrativo para se pensar na situação do meio ambiente. Considerado um oásis verde no meio da cidade, as pessoas ainda conseguem ir até lá e jogar toda a sorte de coisas no chão, o lago está poluído e as vias dentro do parque estão em péssimo estado de conservação.
Iniciativas como essa são excelentes para que a população se torne mais consciente de seus atos.

Leia abaixo alguns dos eventos. Clique aqui para ver a programação completa.

“Cada estação terá um tema e será coordenada por uma ONG reconhecida ou, no caso do tema INCLUSÃO, por uma empresa especializada que trabalha com programas para a inclusão de portadores de deficiência na sociedade e no mercado de trabalho.

No espaço sobre NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS, a ONG Amigos da Terra orientará sobre negócios ambiental e socialmente responsáveis.

RESÍDUOS é o tema do espaço coordenado pela ONG Pueras, que falará sobre triagem de material e sobre as melhores maneiras de descartar o lixo que produzimos diariamente. Na mesma estação da Pueras, a Universidade Anhembi Morumbi exibirá manequins ecológicos.

O tema do estande assumido pela Akatu é CONSUMO CONSCIENTE, claro! Seu expertise no tema certamente vai ajudar muita gente a entender melhor sua responsabilidade ao consumir, seja nas compras ou na utilização da energia e da água, por exemplo.

Já a ONG Centro de Voluntariado estará no parque para ajudar as pessoas a encontrar um TRABALHO VOLUNTÁRIO, de acordo com suas possibilidades e disposição. No site do Centro de Voluntariado há, também, um sistema de busca de organizações sociais que facilita a pesquisa de quem se interessa pelo tema, mas tem dificuldade em encontrar a oportunidade mais adequada, inclusive não tão longe de sua casa.

E ainda terá a estação sobre CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL, na qual arquitetos darão dicas sobre como substituir os tradicionais materiais de construção por outros – mais ecológicos – e demonstrarão que, na hora de construir uma casa, há alternativas mais modernas e menos poluentes, como placas de energia solar e churrasqueiras à gás.

Quem participar do circuito completo – em cada estação, o participante terá “seu passaporte” carimbado – , ganhará uma sacola de algodão orgânico não-descartável, para se engajar na campanha de “combate” às sacolas plásticas. Motivo nós temos, de sobra, para aderir a essa prática: é só lembrar que elas demoram aproximadamente 500 anos para se decompor!”