Cerveja aumenta potencia sexual

Em mais um dia de fantástico trânsito em São Paulo e a demora de 1h:30 para chegar no trabalho, houve tempo o suficiente para ouvir rádio. Como de costume, para me manter informado, vim ouvindo rádios de notícia.
Em um momento, na rádio USP, vi um médico falando sobre as cervejinhas.
Ele estava relatando um estudo que mostrou o aumento do tempo de ereção e o aumento de orgasmos que macacos-prego machos tinham depois de beberem doses consideráveis de cerveja (algo em torno de 4 L).
Aos bioquímicos, o doutor Délcio Pinto Barbosa deu a explicação.
Aparentemente, o processo de fermentação da cevada com o lúpulo forma uma substância, até pouco tempo ignorada pela sua pequena quantidade presente, que age de forma halostática na enzima guanilato ciclase, que normalmente é ativada pela liberação de NO. Isso causa relaxamento da musculatura e a ereção.
Outra substância aumenta a produção de sêmen, o que dá a sensação de orgasmos abaladores. Um efeito na ejaculação foi reparado pelo aumento da transparência do líquido.


Vamos embora
Pro bar
Beber, cair e levantar?

Obviamente esse é um tópico comemorativo de dia da mentira, apesar de que seria muito interessante se fosse verdade.

Um comentário em “Cerveja aumenta potencia sexual”

Os comentários estão fechados.