Olimpíadas 2016 no Brasil – FAIL

Lendo sobre a “vitória” do Brasil para sediar as Olimpíadas de 2016 e vendo as fotos das comemorações fiquei com a sensação de vergonha… A página principal do UOL destacava as notícias “mais importantes” do dia, a imagem abaixo é um print screen do momento FAIL Brasil.

brasil-fail

Pois é, o desempenho da indústria no país é o pior desde 1990 e o prejuízo com a cagada do ENEM somam R$ 30 milhões, mas o Brasil quer mesmo é desenbolsar R$ 25,9 bilhões nos preparativos para as olimpíadas.

O sentimento é de vergonha, mas é principalmente indignação… O país é deficiente em incontáveis aspectos e esse dinheiro poderia ser muito melhor utilizado… Pior ainda, dinheiro que será certamente desviado e torrado em projetos que não terão a menor utilidade para os brasileiros após as olimpíadas… dinheiro muito bem gasto, hein!

Faço minhas as palavras do meu amigo Bucha:

“Um minuto de silêncio em honra do dinheiro público a ser torrado e desviado na preparação do Rio para as Olimpíadas de 2016…”

8 comentários em “Olimpíadas 2016 no Brasil – FAIL”

  1. Desculpe, mas acho seu comentário bastante passional, pelo lado negativo. Analisar sob uma ótica de cultura subdesenvolvida, me traz a impressão que não seremos a quinta economia do mundo em 2016 (projeção dos maiores organismos internacionais voltados a economia, pesquisa no google para ter maiores informações). Quinta maior economia do mundo, quinta maior economia do mundo…repita e entenda que vc também faz parte disso, e também os pobres, os corruptos, os ladrões do congresso, e todas as mazelas sociais introjectadas e aceitas por nós, e que, obviamente, com ou sem a realizacao das olimpiadas vao continuar existindo. Portanto, tente pensar nao somente com o hoje, o agora, tenha visao de futuro, sao as OLIMPIADAS, nao um eventinho mequetrefe ou uma aula que o FHC deu na Sorbonne, o que nos orgulhou muito no passado. Podemos e seremos grandes, de pensamento, mas se nos desligarmos dessa provinciana visao que os portugueses nos deixaram, um legado de que nos fazem favores, que somos pobres coitados que precisam primeiro eliminar a nossa pobreza, e depois a do mundo, ai sim poderemos, nos sera permitido. Hora, pense alto, pense grande…

    1. Você tem toda razão, esse é realmente um desabafo e, por isso, totalmente passional… Não pretendo discutir política nem economia aqui, nem quero tirar o crédito do Brasil por ter conquistado esse lugar no mundo. O Brasil ser considerado adequado para sediar um grande evento como as olimpíadas é muito legal, MESMO. Mas me traz um enorme descontentamento saber que o brasileiro, que já é f*dido e mal pago, vai sofrer mais uma rasteira fenomenal…

      Não é que eu ache que o evento vai ser horrível, nem que não vai trazer nenhum benefício para o povo. Certamente vai gerar emprego, movimentar dinheiro e, mais que tudo isso, vai dar muita alegria e diversão. Mas, ao meu ver, isso é pensar pequeno… Se o Brasil pode sediar uma olimpíada, pode também melhorar a vida dos brasileiros como um todo e não só para esse evento…

      obrigado pelo comentário! 😉

  2. Eu concordo com o Ninja, acho que não adianta muito sermos uma eventual potência econômica sem um sistema de ensino e saúde (entre várias outras coisas) decentes. A verdade é que mal temos um sistema de inclusão no esporte razoável, ou ainda alguma estratégia que procure vincular o esporte à educação (ao invés de termos que escolher entre um e outro). Acho que isso sim me daria orgulho, saber que não precisamos de uma olimpíada para conseguirmos atingir essas importantes metas. Enquanto isso pensamos pequeno e procuramos apenar organizar uma farra internacional, igual fizemos no Pan, onde de um orçamento inicial de R$400 milhões, fomos para um custo final de R$ 4 bilhões, com poucas melhorias concretas para a cidade (tanto que várias coisas terão de ser refeitas para as Olimpíadas).

  3. A opinião de que o Brasil irá investir muito num evento enquanto segura ou gasta de forma incorreta nos pilares sociais básicos foi muito comentada antes de sair a escolha do Rio como sede das olimpíadas. Apesar de achar que não deveria ser necessário um evento internacional para dar a partida na melhoria do país, as Olimpíadas talvez tragam benefícios mais duradouros para o Rio. Porém, a sombra do Pan ainda causa descrença quanto a possibilidade de se atingir essa meta.

  4. Também não era favorável a realização das Olimpíadas no Brasil, pelos mesmos motivos já expostos acima.
    Mas agora que já está feito, nos resta abraçar o capeta!
    Que as benfeitorias das Olimpíadas ajudem a melhorar a vida da população.

  5. Acho legal o Rio ter sido escolhido, para que a POPULAÇÃO entenda o que é PAÍS, o lugar que não apenas se mora mas se vivencia uma coletividade democrática. Os políticos e as ações desastradas do governo nada mais são do que o fiel retrato das atitudes que a população faz no seu dia-a-dia, na mentalidade instaurada SIM pela colonização que somente o governo tem obrigação e dever de falar e fazer o que acha que é melhor pela população. Nós também temos essa obrigação e esse dever.
    Além das Olimpíadas, temos a Copa em 2014 também, que são ótimas oportunidades para uma participação da nossa sociedade organizada, civil e SEM FINS LUCRATIVOS (é sempre bom ressaltar né…) fazer valer suas resposabilidades, prezando e obrigando o governo a: 1. cumprir com suas metas sociais para que haja continuidade no programa de sustentabilidade da infra-estrutura que DEVE ser instalada para a Copa/Olimpíada, seja a cidade qual for; 2. Fiscalizar orçamentos e execuções (prazos) para tais projetos e 3. idoneidade e lisura de todos os participantes (sejam políticos, empresas, governos, ONGs e associações civis) envolvidos nos processos.

    Sociedade organizada, sucesso de país!

  6. Concordo com o Ninja, talvez não tão passionalmente, mas não me preocupo só com o dinheiro que poderá ser desviado. Eu me preocupo com a educação, com os patrocínios aos esportes que não sejam futebol e vôlei e com a segurança da população. Digo isso porque, até onde eu sei, a violência no Brasil está beeeeem grandinha… e aí, RJ e SP vão ter maiores verbas prá segurança? O salário dos PMs vai aumentar? O tráfico nas favelas vai diminuir? Ou será que vão levantar um muro de tapume na frente das coisas feias do Brasil???

Os comentários estão fechados.