Bigulinho pequeno de Curitiba

Sem zuera, o que leva um cara a fazer um vídeo desses? Na minha opinião, auto-afirmação desse nível só quer dizer uma coisa: pau “bigulinho” pequeno!

Esse é o tipo de cara que fala que é machão e vai sair com traveco hauhauhauhauha. Como aquele jogador de futebol americano, do Segundas Intenções (Cruel Intentions)… e por falar nele, aqui vai uma cena excelente desse filme, só prá compensar o filme acima:

“You can put it anywhere…”

Vi no [Quem fala o que quer]

5 comentários em “Bigulinho pequeno de Curitiba”

  1. Agora, me diz Gepeto como vc chegou num vídeo desses…

    E vem cá, esse cara dava pra estudar umas vias do desenvolvimento, como é a correlação com a ontogenia do cérebro e de outros órgãos do seu interesse.

  2. Lelê,

    Cheguei nesse vídeo por conta de um outro blog que estou ajudando a montar… um dos caras postou lá e eu acabei vendo.

    Quanto ao cara, dava prá estudar o tópico “vergonha alheia”, isso, sim! 😀

Os comentários estão fechados.