Arquivo da tag: ética

Edward Norton: Bag the Bag

Aqui vai uma pequena propaganda “verde” com o astro (como diria o Vitão) Edward Norton.
Ela é meio piegas, mas no fundo, é verdade. Só de imaginar quantos copos de plásticos são usados no bandejão, restaurantes, ambientes de trabalho…
Sacolinhas, nem se fala. Eu até tento não pega-las, mas muitas vezes os vendedores nem ouvem. Já colocam o produto na sacola.

Será que algum dia o Brasil vai proibir as sacolinhas? Pelo menos vejo que as coisas estão mudando. Muitas lojas já vendem uma sacola de pano durável, para ser usada com mais freqüência. Só não sei se as pessoas voltam às lojas com as mesmas.

Taí uma boa campanha de marketing. Imagina uma grande rede de supermercados banindo as sacolas plásticas e adotando o saco de pano. Será que não dá ibope???

Fonte: National Geographic Brasil.

"Achado não é roubado"

A Ester Beatriz do Saber é bom Demais! publicou um post sobre os aspectos legais do hábito de “guardar pra si coisas encontradas”. Nesse post Ester descreve a Lei Civil e Penal sobre esse assunto: pegar algo que achou na rua, sem dono, é roubo? Eu posso simplesmente pegar pra mim como se não tivesse nada a ver com isso?
Achei muito interessante e importante do ponto de vista ético… uma leitura muito relevante!

A ausência total do conhecimento legal aliado ao completo desprezo da ética e do bom senso, faz com que as pessoas cresçam achando normal o ato de guardar pra si coisas encontradas.

Violência no futebol

Esse post foi inspirado em duas coisas, a primeira é que me lesionei jogando futebol com o pessoal da faculdade e agora terei que ficar pelo menos um mês me recuperando. Levei uma pancada na perna dividindo uma bola que me levou a torcer o joelho e abandonar o campo. Tudo bem, sei que não foi de propósito, afinal a dividida foi com um dos meu melhores amigos, mas entrada foi forte e a lesão podia ter sido mais séria! A outra razão para o post é essa notícia sobre o jogador Niels Kokmeijer que sofreu uma falta terrível e quebrou a perna em dois lugares e por isso não vai poder voltar a jogar. Ou seja, perdeu o “ganha pão”: Entrada violenta dá prisão na Holanda [via Omedi].
A seguir o vídeo da falta cometida pelo jogador Rachid Bouaouzan, que foi julgado pelo tribunal de justiça da Holanda e condenado a cumprir pena de 6 meses de prisão.

O futebol está se tornando um jogo muito violento. Ouvi dizer que iam proibir o “carrinho” no campo, assim como acontece no futebol de salão e, honestamente, acho que seria muito bom. Podem dizer que faz parte do jogo, mas sem o carrinho o jogo seria muito mais bonito, veríamos menos faltas e mais gols, além dos jogadores não terem que sofrer com as lesões constantes, principalmente os atacantes. Resumindo, a gente teria muito mais FUTEBOL ARTE. Jogadores que fazem sua carreira por serem mais fortes e matarem as jogadas na porrada deviam se envergonhar. A arbitragem deve sim ser muito rigorosa e as penalizações aos jogadores mais severas… por que a gente quer ver é FUTEBOL e não luta livre.